Starrett contrata cerca de 100 pessoas e fomenta mercado de trabalho


As novas admissões são um reflexo dos investimentos realizados pela empresa em 2018 para a consolidação da produção de aços bi-metais e algumas linhas de serras da marca na planta do Brasil para suprir a demanda do mercado brasileiro e latino-americano que, segunda a empresa, tende a crescer nos próximos anos. Além de abastecer os centros de distribuição da Starrett espalhados pelo mundo. Com isso, a planta brasileira se tornou umas das mais importantes da companhia, cuja matriz está nos EUA.
 
“Com a consolidação das linhas de produção de serras no Brasil, tivemos também que aumentar nosso efetivo. Com as novas contratações, o número de funcionários da Starrett chega a 400 pessoas, em sua maioria profissionais de Itu, mas também de outras cidades da região”, explica o diretor de Recursos Humanos e Tecnologia da Informação, Francisco Bertagnoli Junior.
 
Bertagnoli explica ainda que, apesar do período de incerteza, diante de um novo governo, a Starrett continua crescendo e isso se deve à constante preocupação com a inovação e qualidade dos seus produtos. “Por isso investimos na modernização da fábrica, em tecnologia e em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos. Assim, nos preparamos para atender o mercado consumidor cada vez mais exigente e, por consequência, criamos oportunidades de novos negócios e novos mercados. Estamos otimistas e acreditando que haverá uma recuperação e um crescimento econômico do país”.