Starrett amplia sua participação no Projeto Aprendiz.


No segundo semestre de 2010, visando ampliar sua atuação como empresa socialmente responsável e atender à legislação, a Starrett aumentou o número de vagas para jovens profissionais do Projeto Aprendiz.

A empresa já contava com cinco aprendizes dos cursos de Mecânica do SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), e foram contratados mais oito aprendizes por meio da FASAM (Associação de Familiares e Amigos da Saúde Mental de Itu), que é uma entidade autorizada pelo Ministério do Trabalho a capacitar jovens no curso de Auxiliar Administrativo.
 
“Para a empresa é muito importante participar da inclusão desses jovens no mercado de trabalho, capacitá-los dentro de uma empresa e torná-los aptos a exercerem funções em diversas áreas. Aqui por exemplo, os Aprendizes contratados pela FASAM estão realizando serviços administrativos nos seguintes departamentos: recursos humanos, compras, logística, financeiro, fiscal, vendas, exportação e laboratório de metrologia”, explica a
Assistente Social da Starrett, Eliza Moreira.
 
A FASAM é uma entidade beneficente que além de capacitar pode contratar esses jovens como aprendizes e terceirizar esse trabalho para as empresas interessadas. A prioridade é a contratação de jovens da comunidade que estão em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho para terem um futuro melhor, além de uma possibilidade de ganho para ajudar suas famílias.
 
O contrato de aprendiz tem a duração máxima de dois anos e recebem salário, alimentação, transporte e seguro de vida. De acordo com a legislação, além do curso oferecido pela entidade ou escola, eles devem cursar e conseguir aprovação também no ensino regular. Caso isso não ocorra, o contrato é cancelado.